5/06/2010

Alimentação Saudável


Um velho Ditado popular que diz “Você é aquilo que come”, não poderia ser mais sábio.
A alimentação está diretamente relacionada e muito bem documentada na literatura científica, com a manutenção do peso saudável e o desenvolvimento ou não de doenças crônico-degenerativas como diversos tipos de câncer, diabetes, hipertensão, doenças cardiovasculares, osteoporose, e assim por diante. Está mais do que comprovado que o que comemos tem um grande impacto na forma de como nos sentimos.
Infelizmente, nos dias atuais, em função do stress, do trabalho e da falta de tempo, o estilo de vida das pessoas mudou dramaticamente, resultando em sedentarismo e má alimentação, geralmente proveniente de comidas rápidas, como os “fast-foods” e alimentos industrializados, lotados de gorduras saturadas, trans, corantes, conservantes e outros “antes”, com falta de diversos nutrientes essenciais ao organismo como vitaminas e minerais provenientes das frutas, vegetais e grãos. Tudo isto resulta em excesso de peso e também o desenvolvimento de algumas doenças já citadas anteriormente.
O objetivo de uma dieta saudável é assegurar a manutenção do peso ideal de uma maneira saudável, dentes cuidados, um bom sistema imunitário, cabelo e pele saudáveis, energia abundante e em longo prazo, minimizar o risco de doenças crônicas.
Quem se alimenta de maneira saudável, além de conseguir manter-se em forma, ganha saúde e conseqüentemente isto reflete na estética.
Uma alimentação saudável deve conter calorias e nutrientes suficientes para garantir um bom funcionamento do organismo, conforme idade e altura de cada indivíduo, nem de mais e nem de menos, como muitas vezes podemos observar em algumas dietas da moda, um tanto malucas e restritivas, que geralmente ao final, não dão certo. Pois o peso perdido é recuperado rapidamente ou acontecem deficiências nutricionais que prejudicam o bom funcionamento do organismo. Dieta saudável é aquela que é personalizada de acordo com as necessidades nutricionais e hábitos alimentares de cada pessoa.
A alimentação saudável deve ser variada, equilibrada, colorida e fracionada, onde todos os grupos de alimentos devem estar presentes em quantidades adequadas, como o grupo dos pães, massas, cereais, tubérculos e raízes, as frutas e hortaliças, as carnes, ovos, leites e derivados e as gorduras. Na verdade não existe alimento proibido para uma pessoa saudável e sim aqueles que devemos ficar de olho em relação à quantidade consumida, como por exemplo, as gorduras, que pedem mais moderação no consumo.
É ideal evitar períodos longos de jejum e fracionar a dieta em 5 a 6 refeições por dia (café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia).
Hidratar o corpo é fundamental: beba água, chás e sucos naturais de frutas!
Exercitar o corpo também é fundamental para quem busca boa forma e saúde, desde que a atividade seja orientada por um profissional da área, como por exemplo, médicos e educadores físicos.
E lembre-se, moderação e equilíbrio na alimentação, são as chaves para se manter saudável. A comida deve ser apreciada e é possível sim comer refeições deliciosas e bem preparadas que são simultaneamente saudáveis, basta usar a criatividade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário