3/29/2011

Chás e Cia


Práticos, fáceis de prepapar e que fazem um bem e tanto a sua saúde.
São auxiliares no tratemento de doenças, claro que, nunca dispensando o tratamento do seu médico.
Antes de dormir, o ideal é optar por chá que não contenha cafeína, como o chá preto. O chá verde e os mates em geral podem retardar a chegada do sono.

Alecrim: Stress físico e mental, depressão, reumatismo, gota, e digestão. O chá do alecrim tem várias finalidades, tratar o colesterol, as dores de dentes ou enxaquecas, as doenças de coração ou mesmo nos casos de celulite.

Boldo do Chile: Tônico do aparelho digestivo; aumenta a produção da bílis eliminando gases, cálculos na vesícula e no combate das afecções do fígado e baço.

Camomila: Auxilia a digestão aliviando cólicas abdominais, náuseas, diarréia. Indicado como calmante para insônia e nervosismo.

Casca de Laranja: Ansiedade e insônia.

Erva Cidreira: Insônia, nervosismo, cólicas no ventre e gases. Para combater as indigestões, as cólicas ou as insônias, pode-se tomar um chá de erva cidreira ao qual se deve juntar uma casca de limão.

Erva Doce: Alivia cólicas menstruais; também alivia cólicas abdominais de recém-nascidos. Auxilia a má digestão.

Erva Mate / Mate(ou Chimarrão): Anti-stress: segundo institutos de pesquisas internacionais, é um tônico estimulante do coração e do sistema nervoso: elimina os estados depressivos, conferindo ao músculo maior capacidade de resistência a fadiga, sem causar efeitos colaterais; é estimulante da atividade física e mental, atuando beneficamente sobre os nervos e músculos eliminando a fadiga. Observa-se também que estimulante do mate é mais prolongada que a do café, sem deixar efeitos colaterais ou residuais como a insônia e irritabilidade. Por outro lado, a erva-mate atua sobre a circulação, acelerando o ritmo cardíaco e harmoniza o funcionamento bulbo-medular. Age também sobre o tubo digestivo, facilita a digestão e favorece a evacuação. É considerada ainda, um ótimo remédio para pele e reguladora das funções do coração e da respiração, além de exercer importante papel na regeneração celular.

Folhas de Oliveira: Tratamento de diabetes ou doenças ligadas ao coração.

Hibíscus (Karkadeh) ou Flor da Jamaica: Diurético, emagrecimento, hipertensão arterial, cálculos renais, disenteria, febres, inflamação das gengivas e em geral contra diminuição das defesas do organismo. Diminui o colesterol.

Hortelã: Atenua azia, gases e cólicas. Vermífuga (lombriga). Alivia asma e bronquite. Calmante, digestivo, e para insônia, ou seja, para relaxar.

Maçã: Sedativo, digestivo, anti-diarréica e também indicada nos casos de colite.

Chá Verde: Além de conter manganês, potássio, ácido fólico e as vitaminas C, K, B1 e B2, ajuda a prevenir doenças cardíacas e circulatórias por conter boa dose de tanino: o consumo diário desse chá diminui as taxas do LDL (colesterol que faz mal à saúde) e fortalece as artérias e veias.
Está comprovado que o chá verde acelera o metabolismo e ajuda a queimar gordura corporal. Um dos estudos foi realizado na Suíça com três grupos de pessoas que seguiram a mesma dieta. O resultado: o grupo que recebeu chá verde teve aumento de 4% na velocidade de combustão das calorias no organismo e de 5% na queima de calorias em relação aos outros dois grupos pesquisados. Um estudo publicado no American Journal of Clinical Nutrition, demonstrou que extrato de chá verde - que possui altas concentrações de antioxidantes como catequina, polifenóis e muitos outros compostos incluindo cafeína - pode aumentar a utilização de energia muito acima dos efeitos da cafeína pura.

Malva: Afecções das vias respiratórias como bronquite, tosses catarrais, laringite e nos processos inflamatórios de boca e garganta, através de bochechos e gargarejos. Anti-séptico de vias digestivas e urinárias.

Maracujá: Dores de cabeça de origem nervosa, ansiedade, insônia, palpitações, pressão alta, perturbações nervosas da menopausa e dores espasmódicas.

Melissa: Sedativa em distúrbio de origem nervosa, perturbações gástricas como indigestão, enjôos e espasmos. Alivia dores de cabeça.

Poejo: Anti-inflamatório de ação expectorante no processo respiratório como tosses catarrais, anti-espasmódico e ainda depurativo, gripe ou tosse.

Salvia (Maramía Sírio) :Estimulante estomacal, usado nas atonias digestivas, náuseas, dispepsias, alivia cólicas estomacais, intestinais e menstruais. Indicada nos casos febris com sudorese intensa. Ação anti-séptica na higiene bucal e em afecções da pele, de origem micótica e feridas.

Dicas de Preparo:
Infusão em água quente: :
Preparação líquida, onde a água quente, não fervendo, mas quando a água está "chiando", pois a água fervente pode "torrar" a planta, resultando em gosto amargo e perda de suas melhores propriedades é vertida sobre a erva medicinal fresca ou seca, deixando esta maceração em repouso de 3 a 5 minutos. A infusão em água quente é indicada para ervas que não liberam seus componentes ativos em baixas temperaturas, mas que não podem ser fervidas, pois, dessa forma, podem perder suas propriedades medicinais.

É indicada para todas as partes de plantas medicinais ricas em componentes voláteis, aromas delicados e princípios ativos que se degradam pela ação combinada da água e do calor. Normalmente, são partes das plantas como flores, pétalas e folhas.

Decocção: É a fervura por tempo determinado de ervas medicinais frescas ou desidratadas em água ou outro líquido extrator. Preparação normalmente utilizada para plantas que contém princípios estáveis ao calor e para raízes, cascas e outras partes de maior resistência à ação da água quente. Preparação indicada para ervas que não liberam seus componentes ativos em baixas temperaturas.
Não é indicada para ervas com compostos voláteis ou com compostos que se degradam em altas temperaturas.

Maceração: Colocar as ervas de molho em água fria. Folhas, Flores e Brotos devem ficar de 10 à 24 horas, já raízes, cascas e talos devem ser cortados e ficar em moho por 24 horas. Por não utilizar fervura esse método é mais vantajoso, pois mantém as substâncias terapêuticas das ervas inalteradas.


Cuidados na compra, uso e preparo das ervas secas:
Mantenha as ervas em sua embalagem original. Utilizar o preparado por até 24 horas. Não use um chá mais de 24 horas depois de preparado, pois ele entra em processo de fermentação, mesmo que mantido em geladeira. Prepare a quantidade suficiente para um dia apenas.

- Antes do preparo, lavar as mãos e os utensílios a serem utilizados.

- A água utilizada nessas preparações deve ser filtrada ou mineral.

- Verificar a dose utilizada para cada necessidade, idade, condição fisiológica de cada pessoa.

- A preparação quente que contenha ervas aromáticas deve permanecer tampada até que esfrie no ponto para beber.

- Para o preparo, prefira utensílios como o vidro, cerâmica, ágata e porcelana, que não liberam resíduos tóxicos. O alumínio, por exemplo, reage com alguns princípios ativos, oxidando-os.

- De um modo geral, a proporção erva/água é a seguinte: 2 colheres (sopa) rasa da erva seca para 01 litro de água.

- As ervas podem ser variadas para que organismo não se "acostume", evitando a redução de sua eficácia.

- Se retirar a erva de sua embalagem original, não se esqueça de colar uma etiqueta no vidro em que ela for guardada, informando seu nome e o prazo de validade indicado pelo produtor.


Dicas de chás para todas as horas:

De manhã: escolha um chá energético para começar bem o dia. Ex: chá verde, chá preto, chá mate, infusão de cascas de laranja e canela.

Depois do almoço: opte por uma erva digestiva. Ex: chá verde, hortelã, boldo, maçã, erva-cidreira, jasmim ou gengibre.

De tarde: escolha uma erva para espantar a preguiça e manter o ritmo. Ex: chá verde ou chá preto.

Depois do jantar: escolha ervas para ajudar na digestão e a relaxar, preparando para um sono gostoso. Ex: camomila, melissa, erva-cidreira, hortelã e erva-doce.

Anita Viecelli Konrath - Nutricionista. CRN2: 8751.
Atendimento:
Centro de Odontologia Estética:
Av. Emancipação, 1375, sala 1. Tramandaí-RS. Fone: (51) 3661-4656. - Quintas Feiras.
Academia Beach Fitness:
Rua 24 de setembro 156, sala 3. Tramandaí –RS. Fone: (51) 8118-1799. - Segundas, Terças e Quartas-feiras.
Convênios: CABERGS E FUMAM.
Blog: http://anitanutricionista.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário