4/21/2011

DAMASCO - ALIADO DA DIETA


O damasco é o fruto do damasqueiro (Prunus armeniaca), árvore originária da China e Sibéria que pode chegar até 7 metros de altura. A fruta foi introduzida na Inglaterra, durante o século XVIII, e na América do Norte, em 1920.

O damasco, também conhecido como abricó, é uma fruta pequena e arredondada, com casca e polpa amarelas, ligeiramente rosadas ou alaranjadas. É uma fruta que pertence à mesma família do pêssego, mas é de menor tamanho, sabor mais ácido e polpa menos suculenta.

E se a intenção é manter a energia e fortalecer os ossos, o fósforo, o potássio e o cálcio contidos no fruto dão conta do recado. Além do mais, o sódio ajuda na transmissão nervosa e equilibra fluidos no organismo. É o damasco, também, um grande aliado dos anêmicos e indicado para raquitismo, desnutrição e cirrose hepática. Fortalece ainda os dentes, unhas e cabelos, auxiliando em tosses, gripes e prisões de ventre.

O damasco fresco pode ser consumido ao natural ou usado na preparação de musses, cremes e geléias. O damasco seco é usado como ingrediente de cremes, recheios, sorvetes e charlottes. O damasco em calda tem uso semelhante ao do pêssego na preparação de pavês e tortas. O damasco é rico em vitaminas A e B, além de conter uma quantidade bastante grande de ferro. A fruta também possui uma grande quantidade de fibras e não é calórico. Uma unidade da fruta fresca possuí em torno de 20 Kcal e da fruta seca em torno de 25 -30 kcal.

Sua casca e polpa amareladas, ligeiramente rosadas ou alaranjadas são, portanto, bastante benéficas para o organismo. A vitamina A, por exemplo, traz saúde para os cabelos, a pele e é essencial para o desenvolvimento da visão. Já as vitaminas do complexo B ajudam a fortalecer o organismo contra as infecções, cicatrização de feridas e ajudam na formação de anticorpos. E, por sua vez, é a vitamina C que contribui para as defesas naturais e ajuda a absorver o ferro, uma substância, por sua vez, essencial para os glóbulos vermelhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário