10/18/2011

Cogumelos - Poucas calorias e muita saúde


Chineses e egípcios antigos já conheciam os benefícios terapêuticos do cogumelo. Dizia-se que essa planta, sem raiz nem clorofila, "afinava o sangue", reduzia infecções e até agia como afrodisíaco. Nas últimas décadas, várias pesquisas estão confirmando boa parte dessas crenças e já se sabe que existem pelo menos 30 variedades de cogumelos que teriam benefícios medicinais.

De acordo com a bióloga Arailde Fontes Urben, pesquisadora da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), os cogumelos se sobressaem até em relação aos vegetais. "Eles são uns dos poucos alimentos onde encontramos os 21 aminoácidos essenciais ao corpo. Para se ter uma idéia, os vegetais contêm 20 deles", ressalta a estudiosa.

Os cogumelos são riquíssimos em fibras solúveis. Componentes fundamentais para auxiliar o bom funcionamento do intestino, são valiosos para prevenir câncer de cólon e reto, que vêm aumentando assustadoramente a cada ano. Para completar, os cogumelos fornecem ainda vitaminas B1 e B2, que auxiliam o metabolismo energético e o fortalecimento da musculatura; vitamina C, um poderoso antioxidante que aumenta a resistência do organismo e melhora a absorção de ferro; fósforo, que juntamente com o cálcio ajuda a manter os ossos e dentes saudáveis e ainda é fundamental para absorção e transporte de diversos nutrientes; folato, substância com função regenerativa das atividades cerebrais, estimula a memória e previne contra doenças como o mal de Alzheimer.

Os cogumelos conhecidos como shiitake ou shimeji, por exemplo, têm apenas 35 calorias por cada 100 gramas aproximadamente e devido ao seu forte gosto nos provoca a sensação de saciedade. É como se o cérebro fosse recompensando por seu potente sabor e mandasse uma mensagem de que estamos satisfeitos.

Podem ser utilizados em saladas, molhos, no arroz, em sopas e onde mais a criatividade permitir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário