12/03/2012

DICAS PARA UM ADOMEM PERFEITO

Postura: O primeiro passo é manter uma postura ereta! Esticar a coluna, alinhar os ombros e sempre encolher a barriga.

Trate o seu intestino: Quando a digestão funciona corretamente e os alimentos são assimilados de forma adequada, melhora o seu sistema imunológico e a qualidade de vida. Mas alguns fatores podem alterar o funcionamento desse aparelho e alterar a flora intestinal, como a ingestão de antibióticos, uma dieta inadequada e tensão em excesso. Nesses casos, é comum surgir inchaço abdominal, gases e má digestão. Para evitar que isso ocorra, em alguns casos indica-se iogurtes e/ou leite fermentado rico em lactobacilos e/ou probióticos em forma de suplemento. Não se esqueça das verduras e hortaliças ricas em fibras, que evitam a prisão de ventre e favorecem o funcionamento do intestino.

Investigue alergias e intolerâncias alimentares:Algumas pessoas apresentam uma ligeira intolerância à lactose e/ou alergias alimentares. Fazendo com que esses alimentos não sejam digeridos, fermente no tubo digestivo, provocando inchaço abdominal, cólicas, diarréia ou prisão de ventre.

Integrais sempre: Prefira massas, bolachas, cereais e pãe sintegrais. A farinha branca ou refinada é pobre em fibras e nutrientes e pode causar inchaços abdominais.

Evite o sal: Experimente passar uma semana reduzindo drasticamente o teor de sal de seus pratos e note, ao final de sete dias, que você perdeu peso corporal comendo as mesmas porções de alimentos. O sal provoca o inchaço das células com a retenção de água para diluir o excesso de sódio. Assim, seu organismo retém mais líquido. Procure temperar suas receitas com especiarias e sumo de limão e azeite de oliva.

Respirar: Cada vez que você inspira e expira, pode exercitar seus músculos abdominais de maneira inconsciente. Se você aprender a respirar com técnicas de ioga (respiração abdominal), conseguirá utilizar os músculos peitorais, pélvicos e abdominais todas as vezes em que inspirar.

Tome ÁGUA e chás: Uma infusão com certos tipos de erva pode ajudar a digestão. Um dos chás mais conhecidos para essa finalidade é o de hortelã, mas você também pode experimentar outros, como de camomila, erva doce, funcho,  etc.

Comar devagar: Quando você come muito rápido, acaba ingerindo ar demais junto com os alimentos. Esse ar, além de ocupar espaço no estômago, dificulta a digestão. Portanto, mastigue bem e alimente-se devagar.

Dormir é essencial: Não se esqueça de que o descanso é parte fundamental para uma vida saudável. Se você não respeita as horas necessárias de sono (entre seis e oito horas), não apenas terá dificuldades de se manter acordado e disposto durante o dia como também ganhará quilos com mais facilidade. Pessoas que dormem muito pouco costumam ter ataques compulsivos de fome, ingerem alimentos mais gordurosos e demoram mais para se sentir saciadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário