1/18/2013

Alimentos Contra Gases/ Flatulência


A flatulência ou um excesso de gases intestinais pode ser incômoda ou até mesmo embaraçosa. Suas causas podem ser intolerâncias alimentares, sendo as duas mais comuns a intolerância ao leite e ao glúten. 

Como são formados?

Os gases são formados pela fermentação dos alimentos no processo  digestivo ou até mesmo pelo ar engolido tanto pela deglutição ou da saliva ou por hábitos alimentares.

Os restos alimentares sofrem ação das bactérias intestinais e se degradam. Assim, há a produção de três litros de gases diários, aproximadamente.

Estes gases podem ser eliminados pelo ânus, sob forma de flatos ou “pum” ou pela boca sob forma de arroto.



Quais os alimentos que mais causam gases?

Alguns alimentos provocam mais gases pois fermentam mais durante a digestão. É certo que, este incômodo tem características individuais, pois estes alimentos produzem mais gases para algumas pessoas. Os alimentos conhecidos por produzirem mais gases são:

  • Repolho, Brócolis, couve-flor, grão de bico,  ervilhas, lentilha;
  • Feijão, batata doce,  leite, queijos muito maduros (parmesão e gorgonzola), ovos;
  • Rabanete, cebola, aspargos, pimentão, pepino, aipo;
  • Adoçante artificial, como: sorbitol;
  • Carnes muito temperadas e defumadas;
  • Bebidas gasosas, como: cerveja, chopp, refrigerantes, águas minerais com gás.
O mal cheiro que os gases geram é uma questão embaraçosa. Alguns alimentos, particularmente, produzem gases malcheirosos. Estes alimentos são: ovos, rabanete e alimentos ricos em enxofre.

Segue então, uma listinha para auxiliar você a identificar estes alimentos com enxofre:

Agrião, Alho, Abacate, Avelã,, Brócolis, Bebidas Gasosas, Batata doce, Castanhas, Cebola, Couve-Flor, Couve,Ervilha, Feijões (todos), Goiaba, Jaca, Lentilha, Melão, Melancia, Milho Verde, Nabo, Pepino, Queijos Gordos, Rabanete, Trigo, Pimentão, Repolho, Laranja,Mel, Uva,.

E quais são as recomendações para ajudar a reduzir o volume dos gases?
 

  • Dieta e correção dos hábitos alimentares são as palavras-chave para ajudar da redução dos gases, já que não tem como eliminá-los totalmente;
  • Reservar um tempo tranquilo para as refeições, mastigar bem os alimentos e falar pouco durante as refeições para evitar a deglutição de ar;
  • Preferir alimentos como maçã, chás concentrados de salsinha e salsão, pêra e pêssego sem casca e maduras;
  • Beber bastante líquido durante o dia;
  • Caminhar após as refeições, pois estimula os movimentos intestinais, melhorando seu funcionamento;
  • Evitar o consumo de mais de um dos alimentos citados acima no mesmo dia.
DICA: Já que eliminar estes alimentos da dieta não seria uma boa solução, pois são riquíssimos nutricionalmente, aí vai uma dica para reduzir os gases causados pelo consumo do feijão: deixe o feijão de molho durante a noite com 1 pitada de gengibre em pó e, no dia seguinte, troque a água por outra antes de cozinhá-lo. Cozinhe-o bem.  Isso ajudará, pois o amido mal cozido aumenta a produção de gases!
 


O GENGIBRE ajuda o processo digestivo e de esvaziamento gástrico de uma forma geral. Por facilitar a digestão de alimentos gordurosos, tem indicação no alívio de sintomas como enjôo e dores abdominais, além de evitar a formação de gases.

Para você que sofre com este problema, tente seguir as orientações recomendadas e, procure sempre manter hábitos de vida saudáveis!



Fonte: http://www.nutricaoemfoco.com.br/pt-br/site.php?secao=belezaesaude&pub=10293

Um comentário: