4/30/2013

Orientações Nutricionais para portadores de hipotireoidismo



Hipotireoidismo é um distúrbio que cursa com a falta de hormônio da tireóide. Ocorre mais frequentemente em mulheres que em homens, é mais comum em pessoas de mais idade, e pode ter uma característica familial.
O hipotireoidismo pode ter vários sintomas, visto que os hormônios da tireóide são importantes para regular o funcionamento de praticamente todos os órgãos e sistemas do corpo. Quando os níveis de hormônios tireoidianos (T3 e T4) se tornam anormalmente baixos por algum motivo, todos os processos do corpo se tornam mais lentos.
Sintomas:
1.            cansaço excessivo;
2.            desânimo, ou até mesmo depressão;
3.            raciocínio lento;
4.            fala arrastada;
5.            sensação de frio excessivo;
6.            ganho de peso (geralmente, em torno de 3 a 5 Kg);
7.            pele seca e cabelos finos e quebradiços;
8.            inchaço nas pernas ou ao redor dos olhos;
9.            pouca sudorese;
10.          intestino preso e digestão lenta;
11.          irregularidade das menstruações (às vezes, sangramento excessivo);
12.          infertilidade;
13.          batimento lento do coração (menos que 60 batimentos por minuto);
14.          aumento do colesterol.
A tireóide pode ser afetada pela má alimentação, o flúor na água, resíduos de pesticidas em frutas e vegetais, radiação de raios-x, álcool e drogas.
Alimente-se bem a fim de evitar deficiências nutricionais, ou seja, alimentar-se de forma saudável, regular, de 3/3h. Não fazer Jejum prolongado, pois ele reduz os níveis de hormônios tireoideanos e consultar sempre seu nutricionista, somente este profiossinal saberá indicar a melhor alimentação para o seu caso.
A obesidade por si só causa uma resistência à ação dos hormônios, portanto perder peso é crucial, além da prática regular (diária, por pelo menos 45 minutos) de atividade física.
Alguns agrotóxicos estão associados ao surgimento de problemas endócrinos, portanto é recomendado que substitua os alimentos não-orgânicos por orgânicos sempre que possível.
Tomar sol diariamente ao acordar é interessante, por pelo menos 15 minutos para manter uma produção satisfatória de Vitamina D, já que a mesma ajuda a comandar o bom funcionamento da tireoide.


Nenhum comentário:

Postar um comentário