5/12/2016

10 razões para comer ovos todos os dias

Cercado de mitos e dúvidas o ovo já foi visto como um vilão, hoje é considerado com uma boa opção nutricional. Veja 10 razões pelas quais devemos consumir ovos todos os dias:

  1. ALTO VALOR NUTRICIONAL
    O ovo é um alimento rico em proteína que possui todos os aminoácidos essenciais em concentração e proporção equilibradas, ideais para atender as necessidades orgânicas, ou seja, é uma proteína de alto valor biológico sendo considerada a melhor entre as fontes alimentares.
     
  2. VITAMINAS
    Possui várias vitaminas essenciais para a saúde como as dos complexos B, A e D, encontradas somente na gema.

    Vitamina A: tem efeito antioxidante e é essencial para a visão.

    Vitamina B2: ajuda o corpo converter alimentos em energia e promove o crescimento.
    Vitamina B12: essencial para a produção de hemácias, as células vermelhas do sangue.
    Vitamina E: combate os radicais livres que podem causar dano tecidual e celular.
     
  3. BAIXO TEOR CALÓRICO
    Oferece uma proteína de alto valor nutritivo e de baixa caloria – 1 ovo contém cerca de 6 g de proteína e todos os 9 aminoácidos essenciais e tem apenas 70 calorias (1 ovo cozido)
     
  4. CUSTO-BENEFÍCIO
    Apesar das variações de preço o ovo ainda é um alimento acessível para a população. Na cozinha ele é um verdadeiro coringa, fazendo parte de receitas e facilitando o improviso.
     
  5. SACIEDADE
    A gema do ovo contém gorduras do bem (a monoinsaturada e ômega 3), o que ajuda a controlar o nível de açúcar no sangue, evitando picos de insulina, que disparam o apetite e favorecem o depósito de gorduras;
     
  6. MASSA MUSCULAR
    O ovo é excelente para quem pratica exercícios. A clara é riquíssima em albumina, proteína de alto valor biológico que é quebrada em nosso organismo em várias partículas de aminoácidos que ficam a disposição para construir e reconstruir células do corpo, inclusive na reparação de músculos. A porção amarela do ovo, a gema, também é importante para hipertrofia, já que com seus nutrientes proteicos estão nutrientes lipídicos e vitamínicos. O melhor momento para o consumo de ovos é depois da prática de exercícios.
     
  7. HUMOR
    O ovo é também uma excelente fonte de triptofano, aminoácido precursor da serotonina, substância que está associada na modulação do humor.
     
  8. MEMÓRIA
    A gema do ovo é rica em colina, nutriente que pertence ao grupo das vitaminas do complexo B. A colina é necessária para a síntese de fosfolípides (componente de todas as membranas celulares) e utilizada na síntese da acetilcolina, neurotransmissor que auxilia na memória e na concentração.
     
  9. ATIVIDADE CEREBRAL
    Por ser importante para nosso cérebro a colina presente no ovo auxilia na prevenção da doença de Alzheimer. À medida que a doença evolui a acetilcolina é destruída, portanto consumir a substância precursora do neurotransmissor ajuda a sua reposição.
     
  10. ANTIOXIDANTE
    O ovo possui nutrientes com ação antioxidante como os carotenoides, a vitamina A e E, ácido fólico, zinco, magnésio e selênio. Estes componentes ajudam a proteger as células da ação danosa dos radicais livres, o que auxilia a retardar o envelhecimento celular precoce.
Mito: ovo faz mal para a saúde.
(Fonte: Abeso)
Este mito tem relação com o colesterol... Como um ovo possui em média 180 miligramas de colesterol e a recomendação é um limite diário de 300 mg por dia, dois ovos já ultrapassariam este valor. Assume-se que quando ingerimos alimentos com mais colesterol, como ovos e outros de origem animal, o colesterol presente no sangue aumenta. Neste caso faz sentido diminuir a ingestão de ovos, o nível de colesterol baixaria e coração e artérias ficariam mais saudáveis.
Porém, nosso não funciona dessa forma. O colesterol que ingerimos tem muito pouco impacto sobre a quantidade de colesterol está em seu sangue. Isso porque seu corpo produz entre um e dois gramas de colesterol (5-10 vezes o colesterol de um ovo). Quando ingerimos mais colesterol dos alimentos o corpo produz menos. E ingerimos menos colesterol dos alimentos, o corpo produz mais. Isso é porque temos um “ponto de ajuste” de colesterol. Ele funciona como um termostato que é em grande parte determinado pela genética, hábitos de exercício e estresse.
Além disso, o colesterol não é totalmente ruim. Ele faz parte da composição da membrana celular e é requisito para o crescimento e para a produção de muitos hormônios. Não há problema em consumir um ovo ou mesmo mais do que um ovo por dia, com exceção de pacientes diabéticos e de casos de hipercolesterolemia familiar. A gema do ovo contem colina, cálcio, ferro, fósforo, zinco, tiamina, B6, ácido fólico, ácido pantotênico, vitamina B12, vitaminas A , D e E e ácidos graxos e ômega-3. A clara é água e proteína. Portanto, a menos que você tenha diabetes ou predisposição genética à hipercolesterolamia, comer ovo todos os dias não faz mal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário